XII CONCURSO DE POESIAS

Confira abaixo a poesia vencedora do concurso deste ano do aluno João Lucas da turma CN 3001 :


CRIANÇA NA FAVELA




Uma criança velha, uma criança louca
Que vive na favela, sem comida na boca
Que chora na viela, pois perdeu sua mãe
E você vendo a vida com champagne
A desigualdade que reina na cidade
Cidade dos desesperados, onde temos que pagar os drogados de poder.

Drogados por dinheiro, roubam o tempo inteiro
Lágrimas caem ao chão, o político voa no avião
Enquanto a criança da favela chora sem pão.
E a criança olha para o céu sem esperança
O céu pálido por uma ordem feita no papel
Oh ! Meu Deus do céu, por que o mundo é tão cruel ?
A política vende mel mas o gosto é de fel.

Carlos Soares

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar... com certeza ficaremos muito felizes.
Os aprendizes agradecem e retribuem.